Sobre a Retomada do Turismo em Goiás

Quais os procedimentos tomados pelos municípios?

Os municípios turísticos goianos estão reabrindo devagar e com muita atenção desde o final de julho de 2020, depois de ficar sem receber visitantes oficialmente desde a decretação da quarentena pelo Governo do Estado, em março, por causa da pandemia do novo coronavírus. A situação é complexa, os turistas precisam sentir confiança nos protocolos sanitários para voltar a viajar, o que pode acontecer somente a partir do surgimento da vacina. Pesquisas indicam que as primeiras viagens estão sendo feitas para perto de casa, buscando destinos de natureza, área em que Goiás tem muito a oferecer.

Em Goiás, cada município ampliou a lista de protocolos, que seguem basicamente as diretrizes do Ministério do Turismo. Meios de hospedagem, locais de alimentação, atrativos turísticos, profissionais da área, todos têm regras específicas para afastar o risco de transmissão da Covid-19 para visitantes, empresários e funcionários. O poder público estadual está atento e preparado para a retomada, sem perder de vista a conscientização do turista, que é fundamental. E dando todo o suporte para os destinos mais procurados. Até a chegada da vacina, temos que ser rígidos.

O que o Mtur (Ministério do Turismo) está a fazer em relação a pandemia?

O Ministério do Turismo integra o Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública para o novo Coronavírus, que é coordenado pelo Ministério da Saúde, criado para acompanhar e definir estratégias para enfrentar a Covid-19 no Brasil. As medidas estão em consonância com as diretrizes da Organização Mundial da Saude (OMS), Organização Mundial do Turismo (OMT) e Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC). Os esclarecimentos e informações para o setor advém dessa participação, em que o MTur está em permanente contato com representantes do Turismo para detalhar e promover ações unificadas em relação à pandemia.

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.