Primeira etapa do Circuito das Cavalhadas do Governo de Goiás começa neste fim de semana

Manifestação cultural, que conta com o apoio do Governo de Goiás por meio da Secretaria de Estado da Cultura, volta a ocorrer após dois anos

Quatro cidades abrem o primeiro fim de semana do Circuito de Cavalhadas do Governo de Goiás, organizado pela Secretaria de Estado da Cultura (Secult), com entrada gratuita. O município de Santa Cruz dá início à programação com festejos neste sábado e domingo (04 e 05/06), no Centro Cultural Tio Negrinho, a partir das 15h. De acordo com documentos históricos, Santa Cruz de Goiás realizou suas primeiras Cavalhadas em 1816, sendo o primeiro município goiano a organizar o evento, com mais de 200 anos de tradição no Estado. 

O secretário de Estado de Cultura, Marcelo Carneiro, ressalta a importância do retorno dessas tradições para os municípios goianos. “As Cavalhadas são parte fundamental do calendário cultural de diversas cidades goianas e fomentam a cultura e a identidade desses municípios. Além do caráter histórico, essa importante tradição goiana fomenta também o turismo e a economia local, pois atraem turistas das mais variadas partes do nosso país”.

Posse também sedia as Cavalhadas nos dias 04 e 05 de junho. Em 2022, as Cavalhadas da cidade, que integram a Festa do Divino Espírito Santo, completam 102 anos. Diferentemente das outros municípios goianos, em Posse, as Cavalhadas são realizadas à noite e começam com o rapto da rainha (ou princesa cristã) pelo rei pagão (mouro), que será combatido e vencido pelo rei cristão, simbolizando a vitória do cristianismo sobre o paganismo. 

Primeiro município goiano a realizar Cavalhadas, Santa Cruz de Goiás retoma tradição neste fim de semana

Manoel Nasser, secretário de Cultura de Posse, destaca que o retorno das Cavalhadas após dois anos de paralisação em decorrência da pandemia da Covid-19 fortalece as tradições culturais da cidade. “O retorno das Cavalhadas tem fomentado o reavivamento das tradições, dos sentimentos de pertencimento entre os munícipes, do trabalho em equipe para a realização do evento e, além da importância cultural, também destacamos o fomento ao comércio e às atividades culturais tão afetadas durante o período da pandemia”.

A primeira etapa do Circuito das Cavalhadas também inclui os municípios de Jaraguá e Pirenópolis. Em Jaraguá, a festa ocorre nos dias 05 e 06 de junho, no Clube das Cavalhadas José Natal da Silveira e em Pirenópolis, nos dias 05, 06 e 07 de junho no Módulo Esportivo da Cidade.

A superintendente de Cultura de Jaraguá, Liz Eliodoraz, exalta a satisfação com o retorno da realização das Cavalhadas na cidade. “É nesta oportunidade que mostramos aos moradores e aos visitantes grande parte das nossas tradições materiais e imateriais. A cidade inteira participa. As Cavalhadas são parte essencial desta tradição, é mais que um espetáculo, é uma expressão de fé ao Espírito Santo. Faz parte da nossa identidade. Participar ou assistir às Cavalhadas de Jaraguá reforça o sentimento de pertencimento à nossa cultura”. 

Em Pirenópolis não é diferente, já que as Cavalhadas são um dos principais eventos do calendário cultural da cidade. “A Festa do Divino Espírito Santo, que inclui as Cavalhadas, é muito importante para Pirenópolis, para Goiás e para o Brasil porque é registrada como Patrimônio Imaterial pelo Iphan, sendo conhecida nacionalmente, além de compor nossa identidade cultural. O retorno da festa significa a manutenção e a preservação de nossa história, desse evento criado por nossos antepassados”, ressalta Ronaldo Felix, secretário municipal de Cultura.

Em 2022, o Circuito das Cavalhadas do Governo de Goiás reúne 12 municípios: Corumbá, Jaraguá, Palmeiras de Goiás, São Francisco, Crixás, Santa Cruz de Goiás, Santa Terezinha, Hidrolina, Pilar de Goiás, Pirenópolis, Posse, e cidade de Goiás. Entre 2021 e 2022, foram transferidos R$ 3,1 milhões de recursos estaduais para estas cidades para contribuir com a realização das festas. A verba foi utilizada na aquisição de indumentária para os cavaleiros, acessórios dos festejos, entre outros custeios.

Lutas entre mouros e cristãos

O cenário das Cavalhadas consiste em uma representação das batalhas entre cristãos e mouros na Península Ibérica ocorridas entre os séculos IX e XV. Dois exércitos, com 12 cavaleiros de cada lado, encenam uma luta coreografada e repleta de ornamentos. Na festa, também há a presença dos Mascarados, que são personagens que representam o povo e saem às ruas, a pé ou a cavalo, promovendo algazarras. As batalhas duram de dois a três dias e, ao final, os cristãos vencem os mouros, que se convertem ao cristianismo. 

 

Cavalhadas de Santa Cruz de Goiás

Data: 04 e 05 de junho
Local: Centro Cultural Tio Negrinho, Centro, Santa Cruz de Goiás (GO)
Horário: 15h

Cavalhadas de Posse

Data: 04 de junho - 20h30
05 de junho - 15h
Local: Estádio Serra das Araras, R. Est. José Fernandes, 189 - Cafelândios, Posse (GO)

Cavalhadas de Jaraguá

Data: 05 e 06 de junho
Local: Clube das Cavalhadas José Natal da Silveira, Jaraguá (GO)
Horário: 14h30

Cavalhadas de Pirenópolis

Data: 05,06 e 07 de junho
Horário: 14h
Local: Módulo Esportivo de Pirenópolis, Pirenópolis (GO)

 

Fotos: Victor Ferreira
Secretaria de Estado de Cultura - Governo de Goiás

 

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.